quarta-feira

Doce dor

A lagrima desesperada explode,
transforma o rosto com magia
escorre regando o quanto devia
a paixão, e o amor quanto pode.
Paixão que mexe e sacode
o coração que tanto gemia,
o amor sereno todavia
canta notas de alaúde
oh! que paixão maldita
que tira, pôe e dita
todas as regras de amor..
Essa paixão que agita
dança, pula, chora, grita
me causando doce dor.

Kháled F. Mahassen
08 fev 07

Nenhum comentário: